Dia Mundial do Meio Ambiente

Dia Mundial do Meio Ambiente

Hoje (5/6), celebramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, uma data marcada por ações que visam conscientizar a população sobre a importância da preservação e alertar para os perigos da poluição, do desmatamento e do consumo excessivo.

A natureza é responsável por inúmeros benefícios, proporcionando bem-estar, alívio do estresse, melhoras na concentração e vitamina D, além de regular o clima, possibilitar o crescimento da biodiversidade e oferecer recursos essenciais , como água potável e alimentos. Você já faz a sua parte? Veja abaixo dicas práticas de proteção para aplicar na rotina:

  • Calcule o seu consumo: a Global Footprint Network produziu um teste on-line para que cada pessoa consiga avaliar como é o seu consumo. Acesse neste link: http://www.footprintcalculator.org/. Até que dia os recursos naturais durariam se todos vivessem igual a você? Utilize essa informação para identificar quais mudanças são necessárias no seu dia a dia. O site é inglês, mas com o tradutor automático é fácil de entender tudo.
  • Economia circular: a ideia é reduzir os recursos, por isso, aplicar a economia circular é fundamental. Ainda pouco conhecida, essa atitude busca dar valor ao que seria descartado. Na Censi, por exemplo, a água da chuva é coletada para utilização na descarga dos vasos sanitários e na limpeza de áreas como banheiros, pátios e salas. Além disso, muitos produtos da empresa vêm de outro país, concentrando uma grande quantidade de caixas de papelão que são guardadas e reutilizadas para embalar outros produtos que serão enviados aos clientes.
  • Preserve: não desmate e não faça podas ilegais. Pelo contrário, se puder, plante uma árvore. Além disso, não polua o ambiente, não faça queimadas e diminua o uso do carro. Sempre que possível utilize o transporte público. Uma boa opção também é montar um esquema de carona com pessoas que fazem o mesmo percurso que você. E, se o seu destino for perto, aproveite para fazer uma caminhada ou pedalada. Além de ajudar a natureza, você estará fazendo bem para a sua saúde.
  • Escolha produtos reciclados: uma tonelada de papel reciclado poupa cerca de 22 árvores, economiza 75% de energia elétrica e 10 mil litros de água,  e polui o ar 74% menos do que se fosse produzido de novo. Assim como o papel, outros produtos reciclados também oferecem essa economia. Sempre que possível, recicle o que você tem ou escolha marcas que tenham essa proposta.
  • Separe o lixo: é comum vermos campanhas de incentivo para que se faça a coleta seletiva, mas o resultado ainda não é suficiente. Muitas famílias não separam corretamente o lixo como deveriam. É importante que todos saibam que a preservação começa em casa e as vantagens de separar o lixo doméstico estão cada vez mais evidentes. Mais do que aliviar os lixões e aterros sanitários, a reciclagem economiza recursos naturais e gera renda para quem trabalha recolhendo o lixo.
  • Gastos excessivos de água: evite o desperdício e utilize apenas o necessário. Mudar pequenos hábitos, como fechar a torneira enquanto escova os dentes, já faz uma grande diferença. Alguns mecanismos hidráulicos também ajudam como, por exemplo, os redutores de vazão desenvolvidos pela Censi, que podem ser utilizados em torneiras e chuveiros. Os produtos são de fácil instalação e controlam a quantidade de água, reduzindo o consumo em até 50%.
  • Gasto de energia elétrica: se ninguém estiver assistindo, desligue a televisão e também outros aparelhos que estejam ligados sem uso. Evite deixar luz acesa em ambientes que já estejam iluminados naturalmente.

 

SEM COMENTÁRIOS

COMENTE