Veja como higienizar os alimentos

Ação é essencial para a prevenir o contágio do novo coronavírus (COVID-19)

Veja como higienizar os alimentos

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) pegou todos de surpresa.

Com a mudança de hábitos, o chamado “novo normal” pede o distanciamento social, uso de máscaras e de álcool em gel, e regras de higiene que antes não eram tão comuns.

Estudos apontam que o contato com superfícies infectadas também podem ocasionar a transmissão do vírus, então, além de tirar os sapatos e lavar as mãos ao chegar em casa, tudo que vem da rua precisa passar por um processo de higienização, como chaves, bolsas, compras e até alimentos.

Pode soar estranho ter que lavar um pacote de arroz ou um vidro de molho de tomate, situação que, inclusive, gerou diversas brincadeiras nas redes sociais em 2020. Mas, imagine que uma pessoa infectada vai ao supermercado e contamina os produtos, se você pegar algo dessa prateleira, o vírus facilmente chegará na sua residência. A questão é ainda maior nos setores de frutas e verduras, onde há o hábito de encostar diversas vezes nos alimentos durante a escolha. A tarefa até pode ser um pouco cansativa e demorada, mas é mais fácil do que parece e, nesse momento de pandemia, todo o cuidado é pouco. Veja abaixo como é a higienização correta de cada produto:

 

  • Produtos com embalagens frágeis, como papelão: para não danificar a embalagem do seu produto, prefira higienizá-lo com um paninho e álcool 70%. Para facilitar, coloque o líquido em um frasco com válvula spray.
  • Produtos resistentes e bem vedados: esses podem ser lavados iguais as louças comuns, com água e sabão.
  • Hortaliças, frutas, verduras e legumes: provavelmente o setor que mais gera dúvidas. O processo de higienização desses alimentos deve iniciar com água corrente, depois os coloque imersos em uma solução de água sanitária, sendo uma colher de sopa para cada litro de água, durante 15 minutos. Para isso, você pode usar um balde ou até a pia da cozinha. Após o tempo indicado, lave novamente em água corrente e deixe secar naturalmente. Se não for consumir em seguida, é indicado guardar na geladeira em um recipiente com tampa.
SEM COMENTÁRIOS

COMENTE